Do Velho Mundo – Ak Bars faz 2-0, Equilíbrio na Alemanha e mais

Bom dia, boa tarde, boa noite! Abrimos mais uma edição de Do Velho Mundo, seu semanário sobre hóquei europeu preferido e mais premiado da história (????) para falar sobre… Hóquei no gelo europeu, claro. Sem muitas delongas, começamos nossa coluna na terra da vodca, das matrioshkas e dele, o sex symbol Vladimir Putin:

KHL:

Ak Bars e CSKA se encontraram em Kazan no sábado para abrir a série final pela Gagarin Cup. Em um jogo equilibrado, ganhou quem conseguiu aproveitar melhor as chances, Stanislav Galiyev abriu a conta para o time da casa, no segundo período Valery Nichushkin empatou o cotejo. No terceiro período Galiyev voltou a colocar o Ak Bars na frente e o CSKA foi atrás do empate. Emil Garipov continuou a fechar o gol e impediu o time de Moscou de ao menos empatar. Ak Bars 2-1 CSKA na abertura da série.

Hoje, se você está lendo no dia de lançamento da coluna, os times voltaram a se enfrentar em Kazan. O equilíbrio aconteceu novamente, porém novamente o Ak Bars levou a melhor por 2-1, o time da casa abriu o placar, o CSKA empatou pouco depois, mas no segundo período o Ak Bars voltou a frente. Mais uma vez Emil Garipov segurou o ataque do CSKA e garantiu a vitória. Ak Bars Kazan 2-0 CSKA Moskva na série.

ak bars_AOP
O Ak Bars venceu os dois primeiros jogos da Gagarin Cup (Foto: AOP)

Liiga

Indo para o leste, a série entre Kärpät e HIFK continuou a partir do jogo 5. Em outro jogo muito disputado, os times mantiveram um empate em 1-1 até o final dos 60 minutos. No tempo extra o Kärpät pressionou e chegou ao gol, Mikael Ruohomaa fez 2-1 para o Kärpät e deu a vitória no jogo 5.  Os times se encontraram em Helsinque no jogo seguinte, o HIFK saiu na frente abrindo 2-0 na etapa inicial, mas o Kärpät foi atrás do prejuízo e ao final dos 60 minutos os times empataram em 3-3. Prorrogação novamente, dessa vez o herói foi Teemu Eronen, o HIFK venceu por 4-3 levando a série ao jogo 7.

Outro jogo muito disputado e muito apertado, o Kärpät saiu na frente, o HIFK empatou. No segundo período Kristian Vesalainen recolocou o Kärpät na frente e depois disso o HIFK controlou o jogo. Com tudo, o Kärpät conseguiu segurar o adversário, a vitória por 2-1 deu o 4-3 na série e a passagem para a final.

Kärpät vs Tappara, o time que historicamente sempre é campeão quando faz a melhor campanha na temporada regular vs o time que é o atual bicampeão. Uma final de peso e tradição e de dois dos melhores times que tem na Finlândia. Tudo começa a partir da terça-feira.

SHL

Em Estocolmo, Djugården e Skellefteå se enfrentaram pela quinta vez na série. Os visitantes saíram na frente e seguraram até o terceiro período, com tudo o Djugården virou para 2-1 com assistência e gol de Patrik Lundh levando ao jogo 6. Em Skellefteå o time da casa não teve dificuldades, abriu 4-0 de vantagem no segundo período e depois só administrou. Skellefteå 6-2 Djugården  no jogo e 4-2 na série.

Växjö Lakers vs Skellefteå A.I.K. se enfrentam nas finais da SHL a partir dessa terça. Quatro vitórias para o título, quem conseguir esse número primeiro será campeão sueco. O Växjö é favorito, mas não tem como nessa altura do campeonato desprezar o Skellefteå, tem tudo para ser uma boa série.

NLA

As finais da liga suíça começaram na última quinta-feira em Lugano. Mesmo no território adversário, o ZSC Lions quem dominou o jogo, o time de Zurique se impôs no ataque enquanto Lukas Flüler fez 22 defesas conseguindo o shutout. Mike Künzle marcou o único gol do jogo, Lugano 0-1 ZSC no primeiro jogo.

O jogo 2 foi em Zurique, dessa vez foi mais sofrido mesmo com o ZSC Lions tendo maior volume ofensivo. O Lions saiu na frente, Lugano empatou, Lions na frente novamente, Lugano vira, Lions vira mais uma vez, Lugano empata e leva o jogo para o tempo extra. Exatos 17 minutos de prorrogação, Roman Wick recebe o passe de Ronalds Kenins e dispara como um verdadeiro sniper. ZSC Lions 5-4 HC Lugano no jogo 2 e 2-0 na série.

Nessa segunda os times voltaram para Lugano onde fizeram a partida de número 3 da série. O HC Lugano conseguiu fazer seu jogo finalmente, segurou o ataque o ZSC e contra golpeou mortalmente. Lugano 3-0 no jogo 3, HC Lugano 1-2 ZSC Lions na série.

DEL                                                             

As finais da Deutche Eishockey Liga começaram na sexta-feira em Munique. Red Bull e Eisbären fizeram um grande jogo digno de cabeças de chave número 1 e 2, muita ação e muita igualdade. Porém, o time de Berlim conseguiu o que seria o diferencial do jogo, abriu o placar, fez 1-3, e manteve a vantagem até o final. Red Bull 3-4 Eisbären no primeiro jogo da série.

O jogo 2 foi em Berlim e dessa vez o time do energético quem fez o diferencial. O Red Bull levou uma vantagem de 2-5 para o período final de partida, o Eisbären assustou, mas não passou disso. Berlin 4-5 München no jogo 2 e a série final está empatada em 1-1. Terça-feira a disputada pelo título alemão continua.

EBEL

Voltamos a liga austríaca começando na Itália onde HC Bolzano e Red Bull Salzburg se encontraram para o jogo 3. Muito equilíbrio nos números e estatísticas, menos no que mais importa, mesmo assim não teve disparidade assim no placar. O Bozano conseguiu uma vantagem pequena, mas importante, fez 4-2 e venceu o jogo 3 da série.

Novamente em Bozano, dessa vez o Red Bull conseguiu o domínio. O time do energético conseguiu uma ótima vantagem fazendo 3-6 e levando o jogo 4 empatando a série em 2-2. No jogo 5 o equilíbrio voltou e os times viraram máquinas de fazer gols, 1-1, 2-2, 3-3, 4-4, 5-5 ao final do tempo regulamentar. Na prorrogação Brant Harris marcou seu segundo gol no jogo e deu a vitória para o Red Bull, 6-5 em um jogo memorável.

Red Bull Salzburg 3-2 HC Bolzano na série, o jogo 6 é na terça-feira em Bolzano. O time italiano irá atrás de empatar a série para tudo ser definido no jogo 7, o Salzburg vai tentar garantir o título.

ELH

A final da Extraliga tcheca começou no sábado, Oceláři Třinec e Kometa Brno se enfrentaram pelo jogo 1 e 2 em Třinec. Na primeira partida o Oceláři dominou completamente o Kometa, o time da casa fez 5-1 sem muitas dificuldades. Na segunda partida foi tudo diferente, não teve domínio, teve equilíbrio e mesmo o resultado foi favorável a outro time. O Kometa abiu a conta no primeiro período, na segunda etapa fez 0-2, o Oceláři diminuiu, o Kometa voltou a colocar 2 de vantagem, o Oceláři diminuiu novamente. Oceláři 2-3 Kometa no jogo e tudo igual na série.

ocelari_kometa
O duelo final pelo título tcheco está empatado (Foto: Jaroslav Legner)

Série empatada em 1-1, a batalha pelo título continua nessa semana.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s