Do Velho Mundo – Os Felizes e Não Tão Felizes Natais, A Rússia Não Para e mais

Bom dia, boa tarde, boa noite! FELIZ NATAL! Sou gordo, barbudo e trago algo para vocês no natal totalmente de graça, quem eu sou? Isso mesmo, Thiago Farias, o Fanático Por Hóquei! E mais uma vez estou trazendo uma edição de Do Velho Mundo, a melhor coluna sobre hóquei no gelo em todo o universo, humildemente falando. Não é porque é natal, feriado e tudo mais que deixaremos de fazer nosso tour europeu.

Nessa semana vamos ver como as ligas ficaram antes do natal, ou até no dia como acontece na mãe Rússia, como a maioria das ligas parou no dia 23 e só volta no 26, assim temos a situação na Europa:

EBEL

Vamos começar pela Áustria e amiguinhos onde o Vienna Capitals tá tranquilo com 9 pontos de diferença para o EC KAC, o time da capital austríaca marcou 100 gols exatamente em 30 jogos, sofreu 64. Com mais da metade da primeira parte da temporada passada, o Capitals já pode pensar em outros objetivos para a próxima fase.

vienna_
O Vienna Capitals teve muito o que celebrar (Foto/Via: vienna-capitals.at)

O natal não deve ter sido dos melhores em Zagreb e Bozano, os times da Croácia e Itália viraram as grandes decepções da EBEL. O Medveščak Zagreb estava bem e de repente entrou numa sequência de derrotas e estacionou nos 38 pontos em penúltimo lugar, já o HC Bolzano tem 36 pontos e está em último. Há muito que corrigir nesses times e não muitos jogos pela frente para tentar assegurar a vaga para a pós-temporada após a primeira fase. Não é impossível, mas com a má fase fica muito difícil.

ELH

Na Tchéquia a parada para o natal pode ser uma boa oportunidade para se recompor, especialmente para os cinco últimos que vem numa draga incrível. Em ordem do menos ruim para o pior no momento: Dynamo Pardubice, Bílí Tygři Liberec, VERVA Litvínov, Piráti Chomutov e Dukla Jihlava. Esses cinco vem numa fase muito ruim em que só conseguem vencer quando jogam entre eles, no mais apanham para todos os demais times da liga. A situação fica complicada a cada jogo que passa para essa turma, cada jogo disputado e perdido é um jogo a menos para poder se recuperar, o tempo está passando e ele vai virando outro fator contra os times.

NLA

Outro time que vai poder comemorar muito no Natal é o SC Bern, o time da capital suíça já chegou aos 77 pontos e tem 16 de diferença com 34 jogos disputados. Em 30 desses jogos marcou ao menos 1 ponto, ou seja, Bern deixou de somar pontos em apenas 4 jogos até aqui. Tá liberado beber, relaxar um pouco e voltar com tudo pra tentar fazer história no restante da temporada.

Quem não pode se desligar nesse momento são Lugano, Davos, Zug e Biel-Bienne, esses times estão numa intensa disputa pelo segundo lugar e ninguém tem uma vantagem grande o suficiente. Lugano e Davos tem 59 pontos, Zug e Biel-Bienne 56, a disputa pelo segundo lugar está intensa e o momento ruim do Lugano nas últimas semanas aumentou a intensidade.

Liiga                                

Enquanto o campeonato avança, a Liiga tem os três primeiros se destacando dos demais. O próprio Kärpät lidera 6 pontos a frente do TPS que tem 2 de frente para o Tappara, que está 8 a frente do quarto lugar. O domínio deles sobre os demais times é impressionante, no geral tem vencido facilmente até e isso é o que destaca Kärpät, TPS e Tappara do restante da Liiga. Esses times parecem estar disputando um campeonato a parte e tem ninguém que possa mudar isso no momento.

karpat
A torcida do Kärpät tem muito o que comemorar (Via: wikiwand)

 

Enquanto isso, o quarto e o décimo lugar estão separados por 6 pontos apenas, nessa zona da tabela acontece o famoso efeito elevador, onde uma hora você sobe, outra você desce e ainda em uma terceira situação fica parado. Ninguém que vacilar nesse momento e perder posição, perder uma classificação direta para a pós-temporada, perder uma vantagem de mando no momento em que for disputar a fase preliminar. Cada ponto vale ouro aqui para esses sete times, cada ponto pode garantir algo melhor ou fazer falta no final das contas.

SHL              

Em Växjö o Lakers vai poder desfrutar um pouco mais do natal também, o time tem 10 pontos de vantagem para o segundo lugar da SHL. O Växjö faz um 2017 muito bom no geral, na temporada passada conseguiu garantir a melhor campanha, nessa vai firme e forte na ponta, além de ser talvez o grande favorito para o torneio continental. A temporada de decisões vai cada vez ficando mais intensa e aí veremos do que esse time será realmente capaz, vencer dois títulos é o objetivo e é possível, mas veremos na prática como será.

Outro time que chega bem na parada de natal é o Djugården que nos últimos 10 jogos somou ponto em 8  e agora com 52 pontos no total está em segundo lugar. A equipe da capital sueca tem a melhor defesa com 55 gols sofridos, a média é de 2,03 gols sofridos por jogo. É um bom dezembro em Estocolmo e com o Djugården mantendo o ritmo, pode ser um bom janeiro, fevereiro, março… na capital da Suécia.

DEL                 

Na principal liga alemã a liderança fica com o Red Bull München até o dia 26 ao menos, o segundo lugar com o Thomas Sabo Ice Tigers e o terceiro com o Eisbären Berlin, o time do energético tem 72 pontos, o time da joalheria 71 e o time de Berlin tem 70, a distância continua como está há algum tempo. A previsão é de que essa disputa continue 2018 a dentro, vamos ver.

KHL

Enquanto as demais ligas na Europa fizeram uma pausa, a KHL continuou a todo vapor, já que a maioria dos russos comemora o natal em janeiro visto que o calendário Ortodoxo se difere do adotado pelas outras vertentes do Cristianismo. Por isso os times tiveram uma rodada cheia no Natal, para aproveitar os holofotes, o jogo de maior importância foi sem dúvidas o derby de Moscou, a versão que reúne CSKA e Dynamo, em um duelo acirrado o CSKA levou a partida no shooout. O Dynamo segurou o sexto lugar com o ponto marcado, já o CSKA continua isolado na segunda posição da conferência leste.

No oeste o natal trouxe uma grande oportunidade para o Amur Khabarovsk, o time fez sua parte batendo o Torpedo na véspera e alcançando os 63 pontos após 42 jogos. No Natal Barys Astana e Salavat Ulaev, de Ufa, travaram um confronto muito importante para esses times, e para o Amur, já que o Barys tinha 63 pontos e Salavat Ulaev 64 antes da partida. O Salavat Ulaev foi a capital do Cazaquistão e bateu o Barys por 0-2; Com isso os três times continuaram com suas posições, o Amur em nono com 63 pontos, o Barys em oitavo com 63 pontos também e o Salavat Ulaev com 64 pontos em sétimo, porém o time de Khabarovsk jogou 42 jogos, o time de Astana jogou 45 partidas, já o time de Ufa chegou aos 44 jogos. A disputa pela vaga para a pós-temporada continua, mas o Amur ganhou uma boa chance com os resultados do Natal, sua parte será aproveitar esses resultados no futuro.

amur
As chances estão nas mãos do Amur Khabarovsk (Via: http://hcamur.ru/media/fotoalbomy/277/)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s