Do Velho Mundo – Eisbären Berlin e EC KAC Chocam o Mundo, Semifinais definidas na ELH e muito mais

Do Velho Mundo – Eisbären Berlin e EC KAC Chocam o Mundo, Semifinais definidas na ELH e muito mais

Bom dia, boa tarde, boa noite! Semana com decisões, vitórias, derrotas, viradas, goleadas, favoritos caindo, zebras passeando, todo o roteiro para uma boa pós-temporada, no caso é mais do que uma. Nossos relatos começam na Escandinávia:

Liiga

As quartas de final começaram nessa semana que se passou, temos 8 times brigando pelo título, alguns com mais favoritismo, outros menos, mas ainda sim, tudo é provável. Com isso, vamos aos confrontos:

Tappara vs Ilves: A partida de abertura começou com o Tappara dominando, chegou a fazer 2-0, então o Ilves diminuiu e logo após isso o Tappara fez 3-1, com tudo o Ilves marcou 3 gols e virou a partida, ainda marcou o quinto gol no segundo período, no terceiro período o Tappara controlou as ações, o Ilves também teve chances, mas o único gol saiu quando o Tappara tirou o goleiro, o Ilves aproveitou para selar a vitória por 6-3. O segundo jogo teve mando do Ilves, os dois times implementaram suas estratégias de jogo de modo parecido com o primeiro, nesse o Ilves abriu o placar já no terceiro período, mas minutos depois o Tappara equalizou o placar e dessa vez a partida foi para a prorrogação, que não demorou muito, um pouco antes dos 3 minutos, Sebastian Repo virou o placar, deu a vitória ao Tappara e igualou a série. O terceiro jogo não teve gol durante os três períodos regulares, assim foi para a prorrogação, o Tappara tinha mais controle do jogo, com tudo em um forte forecheck o Ilves roubou o puck e Otto Koivula marcou o gol da vitória, o Ilves fez 2-1 na série. O terceiro jogo foi fácil para o lado do Tappara, a vitória veio com um tranquilo 4-0 e assim o time igualou novamente as vitórias na série.

TPS vs HIFK: Em casa, o TPS inaugurou o placar, o HIFK chegou a empatar, mas o TPS marcou mais três gols e conseguiu uma vitória por 4-1. Em Helsinque o HIFK equilibrou um pouco o jogo em alguns sentidos, mas o mais importante, aproveitou melhor as chances, fez 2-0 no primeiro período, o TPS diminuiu no segundo período, mas no último período de jogo o HIFK selou a vitória por 3-1 igualando a série. Novamente em casa, o TPS controlou o jogo 3 da série, abriu 3-0, o HIFK marcou um gol já no último período de jogo, mas com o quarto gol, segundo de Patrik Virta na partida, o TPS venceu por 4-1 e fez 2-1 na série. O quarto jogo começou com o HIFK abrindo 2-0, com tudo o TPS chegou ao empate, o jogo foi decidido na prorrogação com gol de Corey Elkins para o HIFK, o 3-2 na partida igualou a série em duas vitórias para cada time.

KalPa vs Pelicans: O primeiro jogo da série começou com os visitantes abrindo o placar, o KalPa empatou já nos minutos finais do terceiro período, a primeira prorrogação passou, na segunda prorrogação Janne Keränen deu a vitória ao KalPa por 2-1. O Pelicans abriu o placar do segundo jogo, o KalPa virou, o Pelicans empatou novamente no terceiro período e o segundo jogo, assim como o primeiro foi para a prorrogação, novamente Janne Keränen fez o gol da vitória, KalPa 3-2 no jogo e 2-0 na série. Na terceira partida o KalPa abriu o placar no segundo período, cinco minutos depois o Pelicans empatou e mesmo com a pressão do KalPa, foi o Pelicans quem marcou o gol da virada no jogo, a vitória por 2-1 deu a primeira vitória ao Pelicans na série. No quarto jogo, o KalPa começou muito bem, o Pelicans chegou a empatar, mas os visitantes controlaram o jogo e conseguiram um placar final de 5-2, com isso o KalPa fez 3-1 na série.

JYP vs HPK: JYP e HPK fizeram um primeiro jogo extremamente equilibrado, com dois gols para cada lado após os três períodos, a prorrogação demorou pouco mais de 3 minutos, Antti Suomela fez o gol da vitória para o JYP, 3-2 o placar final. O segundo jogo foi na casa do HPK, o JYP saiu na frente, com tudo o time da casa empatou no minuto seguinte e virou no segundo período, assim o HPK venceu a partida por 2-1, tudo graças a uma grande atuação de seu goleiro, Emil Larmi defendeu 31 disparos ao gol no jogo. O HPK abriu o placar no jogo 3, ainda no primeiro tempo o JYP virou o placar, mas no terceiro período o HPK marcou novamente levando o jogo a prorrogação, a uma segunda prorrogação, que durou 25 segundos, com um gol de Petteri Nikkilä o HPK venceu por 3-2 e fez 2-1 na série. Na quarta partida, o JYP abriu o placar no segundo período, o HPK empatou já na etapa final, com tudo o JYP anotou mais dois gols, venceu por 3-1 e igualou a série em 2 vitórias para cada lado.

SHL

Växjö vs Malmö: Na terceira partida, o Malmö voltou a abrir o placar, mas o Växjö empatou no segundo período, mas o Malmö voltou a frente e ampliou, o Växjö marcou, o Malmö marcou novamente, o Växjö fez mais um gol no minuto final, mas não foi o suficiente, o Malmö voltou a vencer em Växjö, por 4-3 dessa vez, e fez 2-1 na série. No quarto jogo o Växjö abriu 3-0 nos dois períodos iniciais, parecia que seria uma vitória fácil, mas o Malmö fez um ótimo terceiro período, empatou o jogo e acabou virando na prorrogação fazendo 3-1 na série. Na quinta partida os times fizeram um jogo muito equilibrado nos números, porém no quesito que é só um detalhe segundo um pensador esportivo muito famoso no Brasil, o Växjö marcou duas vezes e venceu a partida por 2-0, garantindo ao menos um jogo 6 na série. No sexto jogo, o Malmö abriu o placar no segundo período, o Växjö buscou o empate, mas na terceira etapa Rhett Rakhshani marcou o que deu a vitória para o Malmö no jogo e na série. A vitória do Malmö foi uma grande surpresa, mesmo fazendo apenas a oitava campanha na temporada regular foi capaz de derrubar o time de melhor campanha e um dos favoritos ao título.

malmo_Christian Örnberg-Bildbyrån
O Mälmo bateu o Växjö em 6 jogos e se garantiu nas semifinais (Foto: Christian Örnberg/Bildbyrån)

HV71 vs Färjestad: Em Karlstad, HV71 saiu na frente, o Färjestad fez de tudo para empatar, mas pouco após conseguir o empate, o HV71 voltou a frente, já no terceiro período o time visitante marcou outro gol e o segundo jogo terminou  Färjestad 1-3 HV71. O terceiro jogo da série começou com o HV71 vencendo, o Färjestad virou o jogo, o HV71 virou novamente a partida e o Färjestad empatou, levando o jogo a prorrogação. Já faltando pouco mais de um minuto para o final da primeira prorrogação, Andreas Borgman marcou o gol que fez HV71 4-3 e 3-0 na série. O HV71 voltou a Karlstad querendo dedicar AQUELE MOLEJÃO ao Färjestad, abriu 3-0 e segurou, mesmo com o Färjestad fazendo dois gols e ameaçando muito, o HV71 venceu por 3-2 e varreu a série.

Frölunda vs Skelleftea: De volta a Frölunda para o terceiro jogo, o time da casa abriu o jogo tentando sufocar o visitante, porém o Skelleftea abriu o placar, o Frölunda ainda empatou no primeiro período, o segundo período foi dominado pelo Skelleftea, que aproveitou e marcou dois gols, o Frölunda voltou para o terceiro período decidido a empatar a partida, no mínimo, porém conseguiu marcar apenas um gol e assim o Skelleftea saiu com a vitória por 3-2 virando a série. Então, em sua casa, o Skelleftea fez suas lições e equilibrou as ações com o Frölunda, o Skelleftea fez 3 gols, o Frölunda foi parado por Joni Ortio, que saiu do jogo com um shutout de 25 defesas, o Skelleftea com o 3-0 no jogo fez 3-1 na série. O Frölunda dominou o jogo 5, em seu território fez 4-1, venceu o jogo e sobreviveu para o jogo 6. No sexto jogo o Frölunda abriu o placar no princípio do primeiro período, o Skelleftea empatou no final do período e nos dois períodos seguintes não teve gol, na prorrogação Nicklas Lasu foi creditado com o gol vencedor, mesmo que tenha sido de uma sorte enorme por ele errar o gol e acertar o stick quebrado de um defensor do Skelleftea caído em frente ao gol, o que desviou o puck e matou o goleiro na jogada. Sorte ou não, não importa, o gol creditado a Lasu deu a vitória ao Frölunda e assim a série garantiu o jogo 7.

Linköping vs Brynäs: Após um primeiro período sem gols, o Brynäs saiu na frente, porém no minuto seguinte o Linköping empatou e não muito depois virou o jogo, mas no período final o Brynäs marcou dois gols e garantiu a vitória em seu gelo fazendo 2-0 na série. O Linköping começou vencendo o jogo, mas ainda no primeiro período o Brynäs chegou ao empate, o jogo ficou empatado até o terceiro período quando Ken Andre Olimb marcou o gol que deu a vitória ao Linköping por 2-1 e diminuindo a desvantagem do time na série. O quarto jogo foi muito equilibrado, inclusive nenhum dos times marcou gol, uma prorrogação passou, já com quase 16 minutos na segunda prorrogação Simon Bertilsson marcou e o Brynäs conseguiu a vitória por 1-0 dentro de casa fazendo 3-1 na série. No quinto jogo o Brynäs entrou disposto a fechar a série de uma vez por todas, porém o Linköping mudou o momento, conseguiu o empate e com o gol de Henrik Törnqvist venceu na prorrogação e garantiu ao menos o sexto jogo da série.

NLA

fribourg_KEYSTONE JEAN-CHRISTOPHE BOTT
O Fribourg venceu os dois primeiros jogos na série que é a última antes da disputa final contra o campeão da NLB (Foto: KEYSTONE/Jean_Christophe Bott)

Começamos falando sobre a briga contra o rebaixamento, após 6 rodadas disputadas, SCL Tigers e EHC Kloten garantiram suas permanências na NLA, com isso Fribourg-Gottéron e Ambri-Piotta foram para a série final, antes da disputa direta contra o campeão da NLB. A série melhor de 7 jogos começou no dia 21/03 em Fribourg, o time da casa fez 4-0 facilmente e venceu o primeiro jogo da série. No segundo jogo, o Fribourg passeou fora de casa 6-1, fora o baile, com isso fez 2-0 na série melhor de 7.

As semifinais também começaram no dia 21, vamos falar jogo a jogo sobre as duas séries:

SC Bern vs HC Lugano: O primeiro jogo foi em Berna, o time da casa começou vencendo, parecia que seria um passeio, mas o Lugano empatou no segundo período e no terceiro período virou, o Bern empatou novamente, mas o Lugano passou a frente fazendo 3-2 e ainda fez o famoso gol com o gol vazio para selar a vitória no jogo 1. Em Lugano o Bern conseguiu dominar a partida e conseguiu uma vitória tranquila por 4-1, igualando as vitórias na série. De volta a Berna, o time da casa fez um jogo dominante e com outro placar de 4-1 e passou a frente na série.

EV Zug vs HC Davos: O primeiro jogo da série começou com o Zug vencendo por 2-0, porém o Davos empatou no segundo período e sem mais gols no jogo,  a prorrogação foi necessária. O Zug tentava, mas o puck parecia se recusar a entrar no gol, parecia que teria outra prorrogação, mas Jarkko Immonen marcou o gol da vitória para o time da casa. No segundo jogo o Zug começou saindo a frente, o Davos fez um bom segundo período, mas não foi o suficiente, os visitantes terminaram vencendo por 5-2 e fazendo 2-0 na série. Terceiro jogo da série, Zug e Davos fizeram um primeiro período muito equilibrado, o Zug foi melhor e fez 3-2 no segundo período, mas o Davos voltou para o período decisivo pronto para vencer o jogo e marcou 3 gols, não sofreu nenhum, com isso Davos 5-3 no jogo e a primeira vitória na série, que ainda tem a liderança do Zug por 2-1.

ELH

Bílí Tygri Liberec vs HC Skoda Plzen: O Bílí Tygri começou a quinta partida querendo acabar com a série, o primeiro período fez parecer com que seria uma vitória fácil, porém, mesmo perdendo por 3-1, o time do Plzen voltou e jogou um segundo período fantástico fazendo 4 gols e virando o placar para 3-5 e conseguindo sua segunda vitória na série. O Skoda começou bem dentro de casa, porém o Bílí Tygri virou o jogo fazendo 5-3 no segundo período, o Skoda diminuiu, mas não conseguiu mais do que isso, o Liberec venceu o jogo por 5-4 e a série em 6 jogos.

HC Ocelári Trinec vs Piráti Chomutov: O quinto jogo começou com o Ocelári abrindo o placar, o Piráti empatou o jogo no segundo período, mas rapidamente o Ocelári voltou a frente, então no terceiro período o time de Chomutov empatou novamente e pela quarta vez em cinco jogos a partida foi para a prorrogação. Com 88 minutos e 28 segundos de jogo, ou aos 8 minutos e 28 segundos da segunda prorrogação, David Cienciala marcou o gol que deu sobrevida ao Trinec, a série agora estava 3-2 para o Piráti. Com o sexto jogo em Chomutov, o Piráti tinha a chance de terminar tudo na sua casa, o Ocelári saiu na frente e após levar o empate dominou o primeiro período saindo de gelo na primeira pausa do jogo com 3-1 no placar, com tudo o time da casa voltou disposto a terminar a série e com 4 gols nos períodos seguintes o Piráti venceu o jogo por 5-3, conseguindo o 4-2 na série, confirmando a zebra e avançando as semifinais.

piráti_ Jan Pidrman-piratichomutov.cz
Jogadores e mascote do Piráti Chomutov celebram a classificação para as semifinais (Foto: Jan Pidrman/piratichomutov.cz)

Mountfield HK vs VERVA Litvínov: De Volta a Hradec Králové, dessa vez para um jogo de vida ou morte, o Mountfield fez um grande primeiro período abrindo 3-0 de vantagem, ambos os times marcaram dois gols no segundo período, então no terceiro período mais dois gols para os donos da casa e o Litvnínov marcou mais dois, com isso o placar de 7-4 em favor do Mountfield ao final do jogo deu a classificação do time para as semifinais.

Dessa forma as semifinais da ELH se formaram, teremos Bílí Tygri Liberec vs Piráti Chomutov e Mountfield HK vs Kometa Brno. Dois deles avançam para as finais, será que as zebras passarão novamente, ou será que os dois favoritos na série chegarão as finais? Para descobrirmos isso somente a partir de quinta-feira, 29/03.

EBEL        

Após 3 jogos, os times voltaram a se enfrentar nas semifinais. O HC Bolzano estava no fio da navalha, já o KAC poderia empatar a série em casa, isso aconteceu:

Vienna Capitals vs HC Bolzano: Mesmo em solo italiano, o Capitals dominou a partida, a vitória de 4-1 em Bolzano não só deu o jogo, como a série para o Vienna Capitals. Em duas séries foram duas varridas, o que resta é tocar um Molejão.

Red Bull Salzburg vs EC KAC: O KAC dominou por completo o jogo 4, fez um placar de 4-1 e empatou a série em 2-2. De volta a Salzburg, o KAC conseguiu novamente pressionar o time do energético, abriu o placar no primeiro período, o Red Bull empatou no segundo, com tudo o KAC voltou a frente, porém no terceiro período o time da casa empatou novamente a partida, mas o KAC estava disposto a sair com a vitória e fez o terceiro gol, mas o Salzburg empatou novamente nos últimos minutos e o jogo foi para a prorrogação, seguindo a escrita do jogo o KAC fez o próximo gol, Ziga Pance marcou o gol vitorioso, o KAC venceu por 4-3 em Salzburg e passou a frente na série. Vencendo a série por 3-2, o KAC entrou no gelo em Klangenfurt pronto para definir a série, o Red Bull Salzburg entrou pronto para sobreviver, após um primeiro período equilibradíssimo e sem gols, o time da casa tomou controle do jogo, abriu o placar no segundo período e no período final acabou deslanchando, a vitória por 4-0 foi o ponto final na série.

kac_salzburg_SN-APA (EXPA-Steinthaler)-EXPA-GERT
O EC KAC chocou a todos derrubando o poderoso time do energético (Foto: SN/APA (EXPA-Steinthaler)/GERT)

O EC KAC chocou a todos eliminando um dos grandes favoritos a chegar as finais da EBEL. Já o Vienna Capitals fez tudo dentro do esperado, com mais facilidade do que o esperado, e chega como grande favorito para as finais. O KAC ganhou momento na segunda fase da EBEL, mas será que é o suficiente para derrubar o maior favorito? E o Vienna Capitals, será que conseguirá confirmar o favoritismo e vencer o título? Perguntas para serem respondidas a partir do dia 31 de março (sexta-feira após essa coluna ir ao ar).

DEL      

No país de Angela Merkel tivemos uma emocionante terça-feira para a DEL com 3 jogos 7 fechando as quartas de final. Abaixo um pouco do que aconteceu em cada jogo.

Adler Mannheim vs Eisbären Berlin: Dois períodos muito disputados em Mannheim, mas sem gols. Quando o jogo recomeçou já no terceiro período, Marcus Kink inaugurou o placar em favor dos donos da casa. Com tudo, poucos minutos depois, Barry Tallackson empatou o jogo, o placar foi mantido até o final do terceiro período. Prorrogação em jogo de vida ou morte, o cenário mais temido pelos torcedores, o mais amado por quem não torce por nenhum dos times. OAlder Mannheim conseguiu uma vantagem numérica, trocava passes e disparava, com tudo, Charlie Linglet roubou o disco e patinou em velocidade, disparou de longe pegando o goleiro de surpresa e chocando a todos. O Eisbären berlin venceu o jogo por 2-1 e garantiu sua vaga entre os 4 melhores da DEL.

eisbaren_Matthias Balk_dpa
O Eisbären Berlin chocou a todos com uma vitória na prorrogação do jogo 7 em Mannheim (Foto: Matthias Balk/DPA)

Thomas Sabo Ice Tigers vs Augusburger Panther: O sétimo jogo começou parelho, o Panther abriu o placar, o Ice Tigers empatou pouco depois e assim terminou o primeiro período. Depois disso o time da casa tomou conta do jogo e mesmo com mais dois gols dos visitantes, a vitória foi do Ice Tigers por 5-3.

Kölner Haie vs Grizzlys Wolfsburg: Novamente em Colônia, o jogo final da série teve um grande domínio do time da casa, porém o Wolfsburg venceu com gol único de Tyson Mullock, Felix Bückmann conseguiu um shutout de 36 defesas e essa incrível performance ajudou o time a se classificar para as semifinais.

As semifinais começaram na sexta-feira, vamos aos jogos que já aconteceram:

Red Bull München vs Eisbären Berlin: Em Munique o time da casa saiu vencendo e ampliou a vantagem, mas o Eisbären buscou o placar no terceiro período e o 2-2 mandou o jogo para a prorrogação, o Eisbären chegou a marcar um gol, que não valeu após a revisão porque o jogador fez o movimento de chute no belo gole de letra, a primeira prorrogação acabou, a segunda veio, nela André Rankel marcou para o Eisbären Berlin, dessa vez valeu e o time da capital venceu a partida por 3-2. O Eisbären saiu na frente no segundo jogo, mas o time de Munique conseguiu virar a partida no segundo período e com os goleiros defendendo tudo, o jogo terminou 2-1 para o Red Bull, que devolveu a derrota em casa e igualou a série.

Thomas Sabo Ice Tigers vs Grizzlys Wolfsburg: No jogo de abertura, o Ice Tigers saiu a frente, o time de Wolfsburg empatou no segundo período, porém no período decisivo o time da casa atropelou e fez 5-1, vencendo o primeiro jogo da série. Em Wolfsburg, o Grizzlys começou vencendo por 3-0, o Ice Tigers empatou o jogo, mas o time da casa se recuperou e acabou vencendo a partida por 5-2, o que empatou a série.

ice_tigers_grizzlys_DPA
Ice Tigers e Grizzlys travam uma das batalhas para chegar até a final da DEL (Foto: DPA)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s