Do Velho Mundo – Tão Perto, Mas Tão Longe, Céu e Inferno em Ostrava, O Mais Longo Jogo de Todos os Tempos e mais.

Do Velho Mundo – Tão Perto, Mas Tão Longe, Céu e Inferno em Ostrava, O Mais Longo Jogo de Todos os Tempos e mais.

Bom dia, boa tarde, boa noite! Mais uma semana chega e a brincadeira acabou, hora de pós-temporada em todas as principais ligas de hóquei no gelo da Europa, ou, para outros, hora de lutar pela vaga na liga de elite de seu país. Vamos ver como isso tudo foi definido a partir de agora, desembarcamos primeiro nas terras vikings:

SHL

A temporada regular terminou com o Växjö Lakers a frente, o HV71 mesmo correndo por fora conseguiu o segundo lugar, os dois tem vaga garantida na próxima edição da CHL, o Frölunda terminou em terceiro, Linköping acabou caindo de rendimento e ficou na quarta colocação, Brynäs e Skelleftea fecharam a zona dos classificados diretamente para as quartas de final.

Färjestad, Malmö, Lulea e Djurgarden conseguiram assegurar vaga na pós-temporada e estão disputando a vaga nas quartas de final, como será melhor tratado um pouco mais a frente.

Karlskrona e Örebro finalizaram suas temporadas, os dois times terminaram na décima primeira e décima segunda posições respectivamente. Assim ganharam férias mais cedo, o que não é o pior cenário, já que poderiam ser obrigados a defender sua vaga na SHL como Rögle e Leksand serão, assunto tratado na edição anterior.

A pós-temporada se iniciou no sábado, 11/03, com Färjestad enfrentando Djugarden e Malmö enfrentado Lulea. As séries são melhor de 3 jogos, e com 2 deles disputados, assim é o cenário:

Färjestad vs Djugarden: A série começou em Karlstad e após 2 períodos iguais, o Färjestad marcou 3 gols no período final e venceu o primeiro jogo por 4-1.

Malmö vs Lulea: O primeiro jogo foi em Malmö, os donos da casa atropelaram sem muitas dificuldades, 6-1 tranquilo para garantir o jogo 1.

Liiga

A temporada regular da Liiga terminou hoje (dia que esta coluna foi ao ar), todos os times chegaram a marca de 60 jogos. Tappara, TPS, KalPa, JYP, HPK e Pelicans garantiram vaga direta as quartas de final e garantem também uns dias de descanso para seus jogadores.

Ässät, Kärpät, HIFK e Ilves conseguiram a vaga na pós-temporada, mas terão que se enfrentar para conseguir chegar as quartas de final. Um confronto será entre Ässät e Ilves, o outro será entre Kärpät e HIFK, as séries são melhor de 3 jogos.

Jukirit, Lukko, KooKoo, Sport e SaiPa terão longas férias, para eles fica o projeto de melhorar o time e tentar algo melhor na próxima temporada.

Extraliga Eslovaca

A principal liga da Eslováquia também terminou sua temporada regular após longas 56 rodadas. Teremos HC 05 Banská Bystrica vs HC Nové Zámky, HK Nitra vs MHC Martin, HC Kosice vs HK SPK Poprad e MsHK Garmin Zlina vs HKm Zloven pelas quartas de final. Agora é a hora da verdade, quando o campeonato recomeça e tudo pode acontecer novamente, inclusive nada além do esperado. A maratona acabou, agora 8 times tem uma nova corrida, dessa vez vale o título máximo do país.

ELH

A fase preliminar da pós-temporada continuou, os times voltaram a se enfrentar na sexta-feira, 10/03, Mladá Boleslav e Vítkovice Ridera tinham a vantagem de ter vencido o primeiro jogo:

Piráti Chomutov vs Mladá Boleslav: Após levar o eterno 7 a 1 em casa, o segundo jogo da série melhor de 5 jogos foi disputado novamente em Chomutov, o placar não foi muito diferente, 6-1 para o Mladá. Os dois foram para Boleslav com o time da casa tendo 2 jogos de vantagem, porém o Piráti decidiu sobreviver e assim aplicou 5-1 no jogo 3 e 2-1 no jogo 4 empatando a série. No quinto e decisivo jogo, os donos da casa mantiveram o controle e com uma fácil vitória por 6-1, o Piráti Chomutov venceu finalmente em seus domínios virou a série e garantiu-se nas quartas de final. Tão perto, mas tão longe ao mesmo tempo ficou o Mláda Boleslav.

piráti_Jan Pidrman piratichomutov.cz
Após ser goleado duas vezes em casa, o Piráti Chomutov iniciou uma virada incrível na série (Foto: Jan Pidrman/piratichomutov.cz)

Vítkovice Ridera vs Skoda Plzen: Os times voltaram a jogar em Ostrava, outro jogo apertado, dessa vez indo para a prorrogação. O Vítkovice conseguiu a vitória no tempo extra, fazendo 2 a 0 na série. Porém o Skoda conseguiu aproveitar seus mandos e venceu o jogo 3 por 5-3 e o 4 por 5-2, isso faria a série voltar a Ostrava para o jogo 5. Três períodos muito disputados com um gol para cada lado, prorrogação, segunda prorrogação, então com 94 minutos de jogo, David Stach encerrou o jogo e a série. Céu para o Skoda Plzen, Inferno para o Vítkovice Ridera, o Skoda avança após conseguir uma vitória em Ostrava.

Com isso temos os seguintes confrontos nas quartas de final: Bílí Tygri Liberec vs Skoda Plzen, Ocelári Trinec vs Piráti Chomutov, Sparta Praha vs Kometa Brno e Mountfield HK vs VERVA Litvínov. As séries serão disputadas no sistema melhor de 7 jogos com mandos alternados da seguinte forma: jogos 1, 2, 5 (se necessário) e 7 (se necessário) na casa do time de melhor campanha, jogos 3, 4 e 6 (se necessário) na casa do de pior campanha.

NLA

No país dos Alpes (qual?), as quartas de final entraram a todo vapor. Após o primeiro jogo de cada série, relatado na edição anterior dessa coluna, mais três foram disputados, vejamos como estão essas séries:

SC Bern vs EHC Biel: O SC Bern passou pelo EHC Biel com um 3-0 no jogo 2, mas já no terceiro jogo da série, o Biel aplicou um 6-3 em Bern, com tudo voltou a perder em casa por 1-3. O Bern tem 3-1 na série e pode fechar no próximo jogo, que será novamente em Bern.

ZSC Lions vs HC Lugano: 4 jogos disputados, 4 jogos decididos por 1 gol apenas, 4 jogos vencidos pelo time mandante. O HC Lugano venceu por 4-3 o jogo 2 e 3-2 o jogo 4, já o Lions capturou o jogo 3 por 1-0, com isso a série encontra-se 2-2 e se encaminha para o tipo de série que ou o time com mais jogos em casa vence em 7 jogos, ou alguém consegue vencer fora de casa e avançar. Pode ser que não seja assim, mas tem tomado esses contornos até agora.

EV Zug vs Genève-Servette HC: Após um primeiro jogo decidido na prorrogação, os três jogos restantes tiveram placares elásticos. O EV Zug venceu os três jogos pelos placares 5-2, 5-1 e 5-1, varreu a série e garantiu lugar nas semifinais, após um primeiro jogo apertado esperava mais do Genève-Servette, porém o poder do EV Zug apareceu nos três jogos seguintes e os touros atropelaram impiedosamente.

evZug_Geneve-Servette_Alexandra Wey-Keystone
Após um primeiro jogo difícil, o EV Zug atropelou o Genève-Servette e está nas semifinais (Foto: Alexandra Wey/Keystone)

Lausanne HC vs HC Davos: Após vencer o primeiro jogo fora de casa, o Davos conseguiu uma vitória apertada no jogo 2, um 2-1 difícil e suado. Então em Lausanne tivemos um jogo decidido no shootout, já que as regras dessa fase são 1 prorrogação de 10 minutos, outra de 5 minutos e persistindo empate após 85 minutos jogados, tem shootout, e na disputa de penalidades do hóquei no gelo o Davos levou a vitória. Com 3-0 na série, o HC Davos poderia se classificar em casa no jogo 4, fez um ótimo primeiro período e manteve a vantagem nos seguintes, com o 6-3 no quarto jogo, conseguiu varrer o Lausanne HC e ir para as semifinais da NLA.

DEL                                                      

As quartas de final da DEL começaram nessa semana que se passou, cada série chegou a 3 jogos disputados e vamos falar um pouco sobre cada série e jogo a seguir:

Red Bull München vs Fischtown Pinguins Bremerhaven: Para o time do energético a série está sendo tranquila, aplicou placares de 4-1, 3-0 e 3-2, sendo o último o jogo mais disputado, obviamente. Talvez o Fischtown Pinguins escape da varrida, mas é muito provável que não sobreviva após o jogo 5, a diferença entre os times é muito grande.

münchen_bremerhaven_GEPA pictures
O time de Munique abriu 3-0 na série e dificilmente jogará mais do que 2 jogos nessa fase (Foto: GEPA pictures)

Adler Mannheim vs Eisbären Berlin: No primeiro jogo, o Mannheim foi buscar o placar e conseguiu a vitória por 3-2, a segunda partida foi em Berlin e o time da casa venceu por 6-3, a série voltou para Mannheim no jogo 3 e o Adler conseguiu outro 3-2. Assim, temos o Adler Mannheim vencendo por 2-1 na série com os dois times fazendo valer seus respectivos mandos de gelo, a pergunta é: isso vai continuar? Especialmente para o Eisbären Berlin é importante conseguir fazer seu mando prevalecer, porque será muito difícil o time de Berlin ser derrotado em casa e conseguir dar o troco no jogo seguinte.

Thomas Sabo Ice Tigers vs Augsburger Panther: Tudo começou com uma vitória elástica do Panthers em Nuremberg, 1-4 no primeiro jogo para os visitantes, mas já no jogo 2 o Ice Tigers devolveu a derrota vencendo por 3-1 em Augsburg, no jogo 3 o Ice Tigers rugiu mais forte e levou a vitória por 5-3. Mesmo começando muito bem, o Augsburger não conseguiu impor-se em casa e viu o adversário crescer, mostrar sua força e virar a série nos jogos seguintes. Temos Ice Tigers 2-1 Panther na série e um panorama dificilmente previsível.

Kölner Haie vs Grizzlys Wolfsburg: O primeiro jogo da série foi muito disputado, decidido apenas na prorrogação, após 1-1 em 3 períodos, o Wolfsburg tinha a vantagem numérica no princípio da prorrogação, o que aconteceu? Isso mesmo, Alexander Bolduc marcou o gol da vitória… Só que shorthanded, o Kölner conseguiu a vitória em casa no jogo 1, então em Wolfsburg o Grizzlys conseguiu fazer 3-1 e levar o segundo jogo, já em Colônia no jogo 3 o time de Wolfsburg não só venceu, mas como foi com goleada e o 4-0 garantiu a virada na série. Após passar perto no jogo 1, o time de Wolfsburg venceu os dois jogos seguintes e tem a chance de fazer 3-1 na série se conseguir impor-se em casa no jogo 4, para isso precisará jogar no mínimo tão bem quanto jogou nos 3 primeiros jogos da série.

EBEL                   

Duas séries ainda tinham jogos a acontecer na principal liga da Aústra + amigos, mas elas poderiam já terminar no quinto jogo e foi exatamente o que aconteceu. Em Linz, o HC Bolzano conseguiu outra vitória por 4-3 e fechou a série, garantindo sua vaga nas semifinais, o Black Wings Linz foi uma grande decepção nessa pós-temporada. Já em Salzburg, o Red Bull conseguiu vencer o Graz99ers por 3-2 e sem surpresas avançou as semifinais da EBEL, com isso os times conseguiram alguma folga, já que as semifinais vão começar apenas dia 14/03, na terça-feira após essa coluna ir ao ar.

Para as semifinais teremos Vienna Capitals vs HC Bolzano e Red Bull Salzburg vs EHC KAC, o favoritismo é todo dos times de Viena e Salzburg, porém com o Bolzano e o KAC jogando muito bem novamente, pode ser que tenhamos uma ou até duas surpresas nas finais. A EBEL vai marchando para seu fim nessa temporada, deixando boas impressões e algumas coisas a serem melhoradas, talvez a supremacia de Viena-Salzburg continue, talvez seja quebrada, de qualquer modo o futuro da liga pode ser muito brilhante caso continue a evoluir como um todo.

Get Ligaen      

Voltamos as terras vikings para falar de uma partida insana que bateu recordes.

A tradicional principal liga da Noruega está em seus playoffs, na fase das quartas de final. Na tarde de domingo, 12/03, ás 14 horas, horário de Brasília, Storhamar e Sparta Warriors entraram no gelo para disputar o jogo 5 de uma série melhor de 7, cada um tinha 2 vitórias. O Storhamar abriu o placar no segundo período, o Sparta empatou no terceiro, o empate persistiu ao término de 3 períodos. A prorrogação começou, a partir daí o que parecia ser mais um jogo de pós-temporada que vai para a prorrogação, acabou entrando para a História.

Pouco depois das 21 horas aqui na capital do Brasil, começou a circular informações sobre um jogo que estava na sétima prorrogação, indo atrás primeiro descobrimos que o jogo havia batido o recorde mundial de maior duração no hóquei no gelo, além de claro, ter batido o recorde norueguês também. A sétima prorrogação acabou, a oitava começou e prosseguia, até que aos 217 minutos e 14 segundos, Joakin Jensen marcou o gol da vitória. O Stohamar venceu por 2-1 no décimo primeiro período de jogo, para um público de pouco mais de mil pessoas, que eram mais de 5 mil no início do jogo.

Histórico e insano, faltando água para os jogadores, comida nos bares do ginásio, mas ainda sim, o jogo prosseguiu até terminar quase as 2 horas da manhã na Noruega. Os dois times voltam a se enfrentar na terça-feira, depois desse nada mais importa.

storhamar_sparta_Thomas Andersen
Storhamar e Sparta Warriors jogaram por 217 minutos e 14 segundos, fazendo o jogo mais longo da História do esporte. Um épico para eras (Foto: Thomas Andersen)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s