Flyer para sempre

Uma parte considerável dos donos de franquias costumam ser mais conhecidos por grandes bobagens do que por grandes investimentos ou algo positivo. Muitos desses donos nem se identificam com as franquias que comandam. E quando o dono deixa de ser apenas um dono para se transformar em um pai? Ed Snider foi muito mais que o fundador do Philadelphia Flyers. Ed Snider criou a forma “Broad Street Bullie” de se jogar, deu origem a uma franquia que poucos achavam que daria certo e principalmente, deu alegria a uma cidade que passava por alguns de seus piores momentos. O fundador do Flyers morreu de câncer aos 83 anos de idade na última segunda (11).

snidercup
Créditos: Philadelphia Flyers

Em nota divulgada pelos filhos de Snider, eles definiram o pai como “amado e admirado pelo seu grande coração, espírito de generosidade e dedicação com sua família. Apesar de seu sucesso considerável como homem de negócios e figura pública, ele era antes de tudo um homem de família. Nunca perdeu um aniversário, um evento de família importante ou uma oportunidade de transmitir apoio”

No filme comemorativo dos 40 anos de Flyers, Snider contou que conheceu o esporte através de um amigo que o convidou para assistir uma partida entre New York Rangers e Montreal Canadiens no Madison Square Garden em NY. Snider se apaixonou pelo esporte e foi a partir daí que ele, juntamente com alguns outros empresários, começou procurando a liga, tentando levar uma das franquias da expansão de 67 para a Philadelphia. Nos anos 60, a cidade não possuía uma história positiva com franquias de hóquei, mesmo sendo das ligas menores, retrospecto esse que fez a NHL deixar Philly de fora da primeira lista de cidades que poderiam receber uma franquia. Mr. Snider conseguiu convencer a liga de que a cidade apoiaria o Flyers e prometeu a NHL que construiria uma nova arena para o Flyers que também receberia o Philadelphia 76ers.

spectro
Créditos: Philadelphia Flyers

Ed Snider foi o principal arquiteto dos times que conquistaram as Stanley Cup’s de 1974 e 1975. Incluindo jogadores como Reggie Leach; Bill Barber e Bernie Parent, Snider foi o responsável pelo draft da maior estrela da história dafranquia, Bobby Clarke. Nem todos conhecem a história mas Clarke tem diabetes e esse fato fez com que diversos times passassem o camisa #16, pelo menos um time teve três oportunidades de draftar Clarke e não o fez. Mr. Snider ligou para o médico de Clarke que era especialista no assunto para questionar como um diabético vivia. O resto da história todos conhecem. Snider também foi parte crucial da criação do estilo de jogo que consagrou e marcou o Flyers durante sua história. Após duas derrotas seguidas para o Blues nos playoffs, derrotas essas nas quais sua equipe sofreu com a força física de seu adversário, Snider resolveu que o seu Flyers nunca mais seria intimidado fisicamente, isso ficou claro no draft de 69 (mesmo draft de Clarke) no qual a equipe escolheu os “enforcers da era moderna” Dave Schultz e Don Saleski. Indiretamente, Ed Snider foi o pai dos Broad Street Bullies.

Ele também foi um grande filantropo, tendo contribuído mais de 28 milhões de dólares em diversas instituições de caridade na Philadelphia, além de ter criado sua própria organização, Fundação Snider. Ele também lutava para garantir a sobrevivência dos judeus e contra atitudes anti-semitistas.

Ed Snider foi e sempre será o Flyers. Quando no começo do texto falei que ele e seu time levaram alegria para a cidade, por algum tempo os laranjas foram a única esperança esportiva (e uma das poucas no geral, se vista a condição da cidade naquela época) que os moradores de Philly tinham. Apesar da tentativa, é impossível colocar o legado de Mr. Snider em palavras ou as resumir apenas em sua caminhada com a franquia de hóquei, “Ed” como era carinhosamente chamado, mudou o rumo esportivo de toda Philadelphia. Ele será sempre o pai da franquia mas não só da franquia, já que muitos jogadores consideravam Snider como um pai, pai este que ajudou um de seus “filhos” na compra de uma casa em seus primeiros anos na franquia, esse filho foi o hall of famer Bill Barber. Ele foi mais que apenas um dono de franquia, ele foi o dono de uma franquia que poucos achavam que daria certo. É por essas e outras que Snider será um flyer para sempre.

bobby-snider 2
Créditos: Philadelphia Flyers
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s